domingo, 3 de dezembro de 2017

Viajar é muito bom, quem não gosta?

Crônica do escritor Manuel Filho fala sobre sua paixão por bibliotecas

Por Manuel Filho

Escritor Manuel Filho
Ser levado a algum destino novo, do qual nada sabemos, pode ser uma experiência renovadora. Descobrir costumes diferentes, aromas e sabores. Encontrar um objeto bonito que poderá nos lembrar de dias mágicos para sempre.

Há aquelas viagens por lugares paradisíacos, de praias encantadoras, dunas ou florestas. Também existe o turismo urbano pelo qual visitamos vestígios de histórias, de embates. Ergueram-se monumentos que encantam a todos como o Cristo Redentor, o Taj Mahal ou o Big Ben. Igualmente pode provocar encantamento um museu, um restaurante ou um mercado antigo.

sexta-feira, 1 de dezembro de 2017

Para que serve uma biblioteca

Por Christine Castilho Fontelles

"Não entendi nada!". Um número expressivo de pessoas, jovens e adultos, vive cotidianamente este tormento de efeito paralisante diante de uma bula de remédio, de um trecho de texto jornalístico, do assunto de uma prova, de uma mensagem qualquer, uma opinião, um poema. Não nascemos sabendo e nem gostando de ler, por isso é preciso educar para ler desde a primeira infância, ler gêneros diversificados, ler literatura, e SIM, a biblioteca é a casa do leitor e suas portas devem estar escancaradas para ele!

Afinal, para que serve a biblioteca?

quinta-feira, 30 de novembro de 2017

Doze livros que falam sobre a formação de leitores

Reading from all sides (1988) by Brenda Joysmith
O que faz de um indivíduo um leitor competente? A quantidade de livros que ele lê? A facilidade em interpretar textos? Sua experiência enquanto leitor? Como fazer uma criança gostar de ler?

Para responder estas e outras questões nada melhor que recorrer às referências teóricas, e para isso vamos sempre em busca de estudiosos e pesquisadores, do Brasil e do mundo, sobre teoria e crítica literárias e formação de leitores.

Essas leituras ajudam a respaldar nossas escolhas, a amadurecer projetos e ações e, assim, proporcionar melhores experiências de leitura com as crianças que nos cercam.

Esperamos que as leituras aqui propostas sejam para você, assim como para nós, uma fonte de inspiração e consulta.

terça-feira, 14 de novembro de 2017

Cadeira que se transforma em brinquedo

Imagem: Pinterest
Quem nunca enfileirou cadeiras quando criança e brincou que estava viajando de trem, de carro ou de avião?

Agora com a ajuda de um forro especial, uma simples cadeira pode se transformar em muitos brinquedos. É uma ótima ideia para quem não tem muito espaço, tanto em casa como nas escolas. A criança brincou é só tirar o forro, dobrar e guardar.

Isso não quer dizer que as crianças não enfileirarão mais cadeiras para brincar. E que ótimo! Então, viva a imaginação!

A seguir algumas ideias mais elaboradas para servir de inspiração.

segunda-feira, 13 de novembro de 2017

Para ver, ler e pesquisar sobre a infância — Dicas # 11

Daisy Chain, o vídeo antibullying que está a conquistando o mundo

Daisy Chain nasceu como uma história de ninar e em três anos tornou-se um dos livros interativos de maior sucesso na Austrália. Logo virou um curta metragem com narração da atriz Kate Winslet e que continua a conquistar o público.

O australiano Galvin Scott Davis começou a observar um comportamento diferente em seu filho, Benjamin. Ao chegar da escola, o menino ficava mais calado, triste e não tinha a mesma motivação que antes.

Foi então que Davis, conversando com o seu filho, descobriu que ele estava sofrendo bullying na escola. Para reconfortar o filho, Davis decidiu contar-lhe uma história que abordasse o tema. Procurou em sua biblioteca particular e não encontrou nenhuma história apropriada para aquele momento. Assim, decidiu inventar ele mesmo uma história. 

Dessa forma, nasceu a ideia para Daisy Chain, um conto sobre uma menina chamada Bree Buttercup, que é perseguida por outras crianças quando tiram uma fotografia dela e a colocam em todas as árvores do parque. É o próprio Benjamin quem ajuda Bree a combatê-los usando uma corrente de margaridas, a sua flor favorita.

Em três anos, a história deixou a casa dos Davis para se tornar um dos livros interativos com o maior número de downloads na Austrália. Em seguida, foi feito uma curta-metragem com a narração da atriz Kate Winslet, que está sendo bastante utilizado por grupos antibullying na Austrália, nos Estados Unidos e no Reino Unido para a conscientização das crianças nas escolas.

Não existe bullying pequeno. Bullying é uma violência física ou psicológica, intencional e repetida, praticada por um indivíduo ou grupo de indivíduos causando dor e angústia. Portanto devemos sempre ficar atentos ao comportamento das crianças e jovens que nos cercam e em suas conversas.

Confira o curta Daisy Chain



O Instituto Mara Gabrilli (http://img.org.br/) é uma associação sem fins lucrativos que desenvolve e executa projetos que contribuem para a melhoria da qualidade de vida de pessoas com deficiência.  No site da instituição há uma seção de guias e publicações com rico material para ajudar nas práticas cotidianas. Lá é possível fazer o download gratuito do Manual de Brinquedos e Brincadeiras Inclusivos com o passo-a-passo para adaptar brinquedos e brincadeiras e estimular pessoas de todas as idades a desenvolverem suas capacidades, por meio do brincar. Vale a pena conferir!


Formação de leitores

Programa realizado pela TV Paulo Freire, em 2006, aborda a temática da formação de leitores, tendo como convidada a professora Marta Morais da Costa, doutora em Literatura Brasileira pela Universidade de São Paulo (USP).